segunda-feira, dezembro 19

Ser peão em Lisboa ...

No Bairro Azul - Atravessar a Av. A.A.Aguiar – 3 pontos negros:

1 Cruzamento Av. A.A.Aguiar - Rua Marquês de Fronteira.

Existia aí uma passadeira que foi apagada e um sinal que foi retirado. Há anos que vimos pedindo à CML para repintar a passadeira e recolocar o sinal. Junto a uma das maiores superfícies comerciais da Europa e a um bairro com uma população muito envelhecida, as pessoas nunca deixaram de atravessar a rua neste local, agora sem qualquer protecção. Os atropelamentos são frequentes.

Situação denunciada em: http://transitestacionbazul.blogspot.com/

2 Entroncamento Av. A.A.Aguiar - Rua Ramalho Ortigão

Situação extremamente perigosa já que se atravessa a Av. A.A.Aguiar a dois tempos. Os peões, nomeadamente dezenas de crianças que frequentam os infantários da zona e se deslocam com frequência aos jardins da Fundação Gulbenkian, ficam na pequena “ilha” completamente desprotegidos, enquanto os carros circulam em ambos os sentidos a altas velocidades. Esta situação foi também já por diversas vezes referida à CML. Os acidentes nesta local são também frequentes.

Situação denunciada em: http://transitestacionbazul.blogspot.com/

3 Entroncamento Av.A.A.Aguiar – Rua Henrique Alves

Não existe neste local passagem de peões. No entanto, dezenas de pessoas atravessam aqui, porque a entrada para o jardim da Fundação Gulbenkian é mesmo em frente. Pensamos que é também urgente criar aqui um ponto de atravessamento seguro.

Como se tem visto, a inacção da CML tem consequências, por vezes terríveis. É urgente evitar que mais dramas se repitam.

Ana Alves de Sousa

1 comentário:

Filipe Faria disse...

Os dois primeiros casos parecem de resolução fácil, rápida e barata já que bastará pintar as passadeiras e regular os semáforos. Se não é assim tão fácil, era bom que alguém explicasse.
A terceira pode ser mais complicada mas é igualmente urgente. E não se podia "puxar" a passagem de peões do cruzamento entre a Av. AAA e a P. Espanha para este local ?