terça-feira, julho 12

Ate Novembro, na Ramalho Ortigao


Graças às obras no viaduto para a José Malhoa, até novembro - se os prazos forem cumpridos - disfrutamos a rua a um ritmo mais agradável e razoável, e com muito menos poluição. Vivemos um ambiente bem mais amigo das familias e das pessoas que a habitam, nela trabalham, ou por aqui passam. E não é um direito nosso? Até novembro disfrutemos pois. Eu já não saio para férias. Parto depois de o viaduto estar devidamente melhorado, para os peões que diariamente o atravessam poderem melhor saborear as vistas para o Aqueduto ( que são das melhores). Acreditam?
Até novembro, e ao rebuliço habitual.

1 comentário:

blogger2 disse...

A vista do viaduto da Ramalho Ortigão é magnífica: de um lado, o aqueduto das Águas Livres, do outro, a Praça de Espanha... nestas noites quentes de Verão sabia bem passear por aí, e ir tomar um café a um dos muitos hotéis da av. José Malhoa. Mas, por agora, está em obras (a Ramalho é um paraíso...). Vamos a ver se o tornam mais "ameno", se se lembram das pessoas que por aí costumam passar, se se lembram dos milhares de turistas que vêm a pé até à Gulbenkian e de quem gosta de andar a pé pela cidade ... vamos a ver ...